Conceitos digitais inovadores para desenvolver seu negócio na internet!

Blog

Na Internet ninguém sabe que você é um pequeno negócio

.:: Na Internet ninguém sabe que você é um pequeno negócio ::.
31/03/2015

Autor: Lucas Barbosa Lacerda

O que mais me deixa fascinado com a Internet é a forma como ela tende a tornar todos os mercados mais eficientes e competitivos. Por exemplo: quando alguém entra em seu site pela primeira vez, com base em uma pesquisa realizada no Google, esse usuário não faz a menor ideia se a sua empresa tem um ou mil funcionários, pois o motivo de ele chegar ao site é apenas a procura de uma solução para atender a uma necessidade ou desejo.

O problema é quando a solução do seu site é a mesma ofertada por várias outras empresas, algumas já posicionadas como a referência no mercado, outras com diferenciais de preço, produto, e outros fatores de concorrência que são desanimadores para quem está começando um negócio. É como diz aquela frase: “Quem tenta atingir todo mundo, na verdade não atinge ninguém”. Na verdade, essa frase é muito verdadeira. Seja no empreendedorismo tradicional ou no digital, quando você escolhe um nicho, acaba atingindo todos os requisitos que aquelas pessoas precisam, conseguindo atendê-las com a maior precisão possível.

É comum, ao pensar em escolher um nicho, pensar que vai ficar limitado a oferecer um só produto, serviço ou solução para um público muito pequeno. E é exatamente por isso, porém, que se deve pensar com uma visão mais ampla e positiva sobre o assunto. Por exemplo: se fizermos um cálculo básico, apenas em nível de Brasil, somos mais de 200 milhões. Caso seu negócio resolva um desejo ou necessidade de 0,01% desse público, estará entregando relevância para, no mínimo, vinte mil pessoas. Pense nisso!

Brechas de mercado (nichos)

Antes de tudo, é importante entender o que é um nicho: trata-se de uma porção de um determinado mercado, constituído por um número reduzido de consumidores, com semelhanças que podem ser demográficas, geográficas, sociológicas, psicológicas e outras, e com necessidades e desejos que não estão sendo plenamente atendidos e explorados pela oferta atual do mercado.

Arrisco-me a dizer que encontrar um nicho/brecha de mercado é a melhor solução para se iniciar uma operação com baixo investimento. Assim como diz o ditado “é bem mais fácil fazer ondas em um lago do que no mar, e na Internet não é muito diferente”, é bem mais fácil ser notado e entregar valor em nicho do que já começar tentando movimentar e lidar com tudo que há no mercado de massa.

Focar em um nicho significa, principalmente, passar a entender muito bem o público escolhido. É necessário compreender seus problemas, desejos, necessidades, sua forma de pensar e agir, o que esperam e como querem. É descobrir por que as pessoas que formam o nicho selecionado não estão sendo atendidas pela oferta atual do mercado, e o que as faria pagar um valor a mais, ou premium, para receber algo que faça sentido para elas.

Por isso, é comum que uma brecha de mercado seja dominada por alguém que faz parte daquele nicho, que teve os seus desejos frustrados pelas ofertas do mercado e, sem achar uma boa solução, resolveu, ele mesmo, provê-la.

Beleza! Agora que sabemos o que é um nicho e por que é tão interessante focar em um, vamos analisar alguns benefícios ao investir em uma brecha de mercado:

  • Mercado pequeno e especializado, com baixa concorrência;
  • Alta margem de lucro;
  • Investimento inicial baixo;
  • Rápida possibilidade de liderança;
  • Facilidade no entendimento do público;
  • Possibilidade de exploração de uma variedade vertical dentro do seu nicho;
  • Utilização de mensagens diretas em campanhas de Marketing.

Encontre um nicho que tenha forte relação com você

Para você conseguir entregar todo o valor e diferenciação que são parte fundamental de um empreendimento de nicho, é fundamental que você tenha alguma ligação forte com ele. Uma boa forma de encontrar essa ligação é utilizando um princípio, e você deve pensar em um nicho que condiz com os três pontos abaixo:

  • Algo pelo qual você seja profundamente apaixonado;
  • Algo que te traga uma possibilidade de monetização;
  • E aquilo em que você poderá ser o melhor.

internet-1

Você deve então procurar a intersecção desses três motores e achar o seu espaço especial. É nele que estará a sua motivação, habilidade, conhecimento, paixão e oportunidade de negócio. Lá, você conseguirá desempenhar melhor do que os concorrentes e, com certeza, oferecer algo adicional, que uma empresa do mercado de massa não conseguirá.

Esse princípio tenta ajudá-lo a definir como você pode ganhar dinheiro fazendo aquilo que ama, e faz melhor do que ninguém.

Ok, mas por onde começar?

Comece pesquisando seu nicho online através de buscadores na Internet. Assim, sua pesquisa de mercado deverá começar por um deles, identificando as buscas sem sucesso. Todos os grandes portais têm os seus: você pode usar GoogleYahoo!MSN, ou outro de sua preferência. Para efeito de exemplo, e por ser o maior buscador do Brasil, vamos ilustrar uma pesquisa com o Google.

O Google possui duas ferramentas que podem apresentar o volume de buscas de determinados temas:

  • Google Adwords: é uma ferramenta que possibilita que as marcas possam anunciar dentro do Google, e disponibiliza uma ferramenta de análise de palavras buscadas;
  • Google Trends: ele te dá a tendência de buscas ao longo de um tempo, e permite cruzamento de dados para comparação de pesquisa de vários temas.

Isso, claro, sem contar com a busca normal, que pode ajudar a entender o tamanho e o valor do mercado, o número de produtos a serem vendidos, a concorrência, blogs sobre o assunto, fóruns online para discussão, atividades nas redes sociais etc.

Em suma, depois de encontrar a sua afinidade com um nicho, usando o princípio, a tarefa é encontrar no Google um tema que tenha um alto número de buscas, com uma tendência de interesse em alta, um mercado que seja grande o suficiente para sustentar alguns players, mas que não seja tão grande para atrair um concorrente de massa, que tenha produtos com boas margens e com baixa concorrência, com poucos blogs ou concorrentes já falando sobre o assunto, tanto em redes sociais quanto em fóruns.

Não ter ninguém ainda tratando sobre o assunto pode ser uma boa oportunidade ou um sinal de alerta. Ser o primeiro a criar uma marca é uma ótima oportunidade em qualquer mercado.

Espero ter ajudado e inspirado você a encontrar o seu nicho perfeito e fazer a diferença no mercado digital.

Sucesso em seu projeto!

Referência técnica: Sebrae

Fonte: http://imasters.com.br/midia-e-marketing-digital/na-internet-ninguem-sabe-que-voce-e-um-pequeno-negocio/?utm_source=iMasters&utm_campaign=7252fca1af-News_semanal_2014_03_31&utm_medium=email&utm_term=0_c1528e6ab3-7252fca1af-359434917

  • Voltar